.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Reforma tributária é mais urgente que a da Previdência, afirma Kajuru


foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Senador lamenta o fato de um dos países mais ricos do mundo ser também um dos mais desiguais com Índice de Desenvolvimento Humano baixo se comparado a países da região

Em pronunciamento em Plenário, nesta sexta-feira (8), o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) destacou a desigualdade social como um dos maiores problemas do país. Para o parlamentar, não faz sentindo um país tão rico quanto o Brasil, 8ª maior economia do mundo, ter um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) tão baixo. Pelo indicador da ONU, o Brasil ocupa a 79ª posição no ranking, atrás de países como México e Venezuela.

A explicação para esses dados, afirmou Kajuru, é a desigualdade de renda no Brasil. Ele observou ainda que os brasileiros mais ricos têm maior representatividade junto aos Poderes de Estado, o que resulta em benefícios específicos para esse segmento limitado e prejuízos à grande massa de brasileiros.

De acordo com o parlamentar, em 2017, os programas de renúncia e subsídio fiscal representaram quase R$ 285 bilhões não arrecadados pelo governo, dinheiro esse que, praticamente, se iguala ao déficit da Previdência no mesmo período.

Para Kajuru, fala-se muito em Reforma da Previdência, mas esquece-se da reforma tributária, que "é urgente para combater os privilégios de classe no país".

Informações: Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário