.

domingo, 10 de março de 2019

Amaro Dias, Velho, Forte e Poético



É ele o poeta que há mais de sessenta
Já canta repente de noite e de dia
Que desde criança produz poesia
E lúcido e saudável passou dos oitenta
Tocando viola aguarda os noventa
E nunca desiste de improvisar
Que tem sete filhos e soube educar
Não para, não cansa, verseja ligeiro
Tão velho, mais forte, poeta e guerreiro
Nos dez de galope da beira do mar.




Poeta: Clécio Dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário