.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

MARCEL VAN HATTEM DENUNCIA MANOBRA DA OPOSIÇÃO NA CCJ



A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados tem se reunido em sessões tumultuadas para votar o parecer da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19).

Durante a reunião da última terça-feira (16), o deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) explicou de forma didática sobre o déficit e as desigualdades causadas pelo sistema atual de Previdência, representando com copos as diferentes camadas da população.

“Quem não quer uma Reforma da Previdência é porque não quer perder privilégios e não se importa com os mais pobres!”, alertou.

Durante a mesma sessão, Marcel denunciou as manobras da oposição para retardar a reforma da previdência como leituras de atas e correções visivelmente desnecessárias das mesmas.

“A obstrução feita por alguns deputados da oposição durante as reuniões da CCJ deixa a mim e a muitos colegas extremamente envergonhados. E a vontade de atrapalhar causa confusão até mesmo dentro da esquerda”,  advertiu o deputado. 

Marcel acertadamente lembrou que a CCJ serve para decidir se a reforma é ou não constitucional, não se tem mérito ou não fazê-la.

A reforma da Previdência é fundamental para o equilíbrio das finanças públicas. Sem as mudanças na aposentadoria, em poucos anos o país não terá recursos para educação, segurança e saúde, e o crescimento econômico ficará comprometido pela falta de investimentos.

Informações: https://novo.org.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário