.

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Deputado mineiro já economizou mais de 700 mil em seu gabinete em apenas três meses.



Durante os três primeiros meses de mandato, o deputado estadual do Estado de Minas Gerais, Bartô (Novo), já economizou R$ 700.678,06 (setecentos mil, seiscentos e setenta e oito reais e seis centavos). Ao assumir seu mandato, Bartô abriu mão de alguns “privilégios”, como verba-paletó, verba indenizatória além do auxílio moradia.

Outra atitude tomada pelo parlamentar foi, em relação à sua equipe de trabalho, pois, toda estrutura do seu gabinete funciona com apenas 50% do pessoal que ele teria direito. Essa medida também contribui na economia.

E ainda tem gente que diz que todo politico é igual, já pensou se todos fossem realmente iguais ao deputado mineiro Bartô, quanto dinheiro seria economizado para ser revertido em favor da população.   




Nenhum comentário:

Postar um comentário