.

sábado, 20 de julho de 2019

Casa Miguel Lucas de Araújo encaminha aprovação de lei que proíbe corte de energia nos finais de semana e regulamenta o descarte de lâmpadas e pilhas




A Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte promoveu mais uma sessão plenária, onde votou nove matérias entre requerimentos, leis e um parecer sobre o projeto de lei 012/2019, que proíbe o corte de luz e água nos finais de semana no município. A lei é de autoria do vereador Hélio de Novo (SD), que comemorou o parecer positivo à matéria. "É muito importante que toda a Casa tenha o entendimento de que precisamos ter consciência sobre a condição de muitas pessoas que em alguns momentos têm dificuldade para efetuar o pagamento de contas básicas e que tem o serviço cortado nos finais de semana, impedindo até mesmo atendimentos de saúde", afirmou o parlamentar.


Outra importante matéria aprovada foi o PL 013/2019, de autoria do vereador professor Jurandi (PTB), que dispõe sobre o descarte consciente de lâmpadas, baterias e pilhas. "O descarte inadequado de produtos acumuladores de energia pode ser agressivo ao solo, água e afetar diretamente a saúde da população. Cada agente precisa fazer a sua parte e nós entendemos que Taquaritinga do Norte precisava de uma lei neste sentido, que será útil para as próximas gerações. Esta é uma matéria cujo efeito será sentido agora e também a longo prazo, logo após sua aprovação", explicou professor Jurandi. 


Resumo dos discursos:


Oscar Miguel (PSC) - Comemorou o fato de ter a realização de requerimentos de sua autoria atendidos, explicou que alguns dos serviços de manutenção de estradas vicinais não aconteceram porque o período chuvoso na região inviabiliza o serviço. Parabenizou o padre Pedro pelo seu aniversário e a Orquestra 19 de Julho pela sua apresentação no Festival do Café Cultural.

Hélio de Novo (SD) - Agradeceu pela aprovação em primeira votação do projeto de lei 012/2019. Cobrou que os novos loteamentos do município tenham a infraestrutura para a dotação de itens básicos como o saneamento antes da construção de residências e lojas.
  
Dé Cumaru (PSD) - Comentou sobre o saneamento de Gravatá do Ibiapina que após solicitação de sua autoria, o serviço está sendo efetuado. Cobrou o esgotamento da água do açude da localidade. Reclamou que a iluminação dos postes de Gravatá do Ibiapina está há três semanas ligada direto pela falta do aparelho fotossensível.

João Eugênio (PPS)
- Parabenizou a realização do 2º Festival do Café Cultural, afirmando que o evento conseguiu atrair turistas para o município não apenas por seu nível de atrações, mas também pela qualidade dos restaurantes e hotéis que a cidade dispõe ao público. Solicitou ao município a aquisição de uma máquina fumacê para combater o mosquito aedes aegypti.

Geovane (PR) - Elogiou a diretoria de cultura e pediu a apresentação de um voto de aplauso pela realização do Festival do Café Cultural. Solicitou a pavimentação e saneamento de uma rua em Vila do Socorro, a qual pretende denominar Rua Inácio Bernardino, em homenagem ao popular que teve atuação destaque no município.

Rogéria de Zeca (PSDB)
- Parabenizou a realização da segunda edição do Festival do Café Cultural, ressaltando os aspectos econômicos da festa. Comemorou o fato da construção da praça no Mulungu, uma vez que já apresentou dois requerimentos que não foram atendidos anteriormente.

Borges (PSD) - Afirmou que no final do seu mandato, o prefeito Lero está realizando pequenas obras no município, porém deixa sem nenhuma ação a comunidade da Varzinha, realizando a castração de animais de maneira indevida. Solicitou que os professores de Taquaritinga cobrassem ao sindicato o pagamento dos precatórios que estaria retido pela prefeitura. Disse que a pavimentação do município está precária e a única maneira de transitar na sede e nos distritos, seria de jumento. Afirmou que pela ausência de um líder do Governo, seria mais difícil apresentar as demandas dos parlamentares ao poder público municipal.

Professor Jurandi (PTB) - Cobrou a atuação mais eficiente dos Correios, que não estariam atendendo a contento em Pão de Açúcar por não atuar todos os dias e que o horário de atendimento na sede do município seria abaixo da demanda da população. Disse que a população não compreende qual a função do vereador e que a pavimentação da rua Madre Teresa de Calcutá não teria sido realizada da maneira correta, pois apenas parte da rua foi calçada e que mesmo antes do final da pavimentação, a prefeitura retirou suas equipes para outra localidade. Cobrou a devida atenção para os produtores de café do município, que teriam sido esquecidos nos méritos do Festival do Café Cultural.

Eraldo da Pedra Preta (Pode) - Agradeceu pela presença dos que estiveram na realização de reunião do orçamento participativo do município na região do Cariri. Agradeceu pelo atendimento de requerimento à secretaria de saúde que habilitou médicos para os postos de Pedra Preta e Mateus Vieira, que há cerca de um ano estavam sem a presença dos profissionais. Agradeceu pelo atendimento de dois requerimentos, construindo uma praça no Mulungu e um centro cultural em Serra dos Bois.

Demir (PMDB)- Acompanhou os trabalhos da Casa.

Claudinho de Tontom (PSD) - Não compareceu à sessão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário