.

sábado, 26 de outubro de 2019

Deputada Alessandra Vieira é anfitriã do projeto Mulheres na Tribuna com representantes de Santa Cruz do Capibaribe




“Acreditem na política e participem. Temos muitas causas para lutar. Na Assembleia Legislativa, casa de todos os pernambucanos e de todas as pernambucanas, vocês sempre terão vez e voz” disse a deputada Alessandra Vieira, no plenário da Assembleia Legislativa, na manhã desta quinta, 24, ao receber mulheres que participaram do projeto Ação Formativa Mulheres na Tribuna – Adalgisa Cavalcanti. Por meio da iniciativa da Alepe, diversas mulheres de Santa Cruz do Capibaribe acompanharam um pouco da rotina do parlamento pernambucano.

Também integraram o grupo os vereadores Nailson Ramos, Pipoca e a vereadora Jessyca Cavalcante que falou sobre a importância do projeto. “Muitas mulheres que estão aqui nunca tiveram a oportunidade de visitar a casa do povo pernambucano. Esse projeto é um incentivo às mulheres para que ocupem espaços de poder. Uma iniciativa gloriosa da Assembleia Legislativa e só temos que agradecer a nossa deputada Alessandra Vieira”, ressaltou.


Para Ana Cláudia Lima, líder da comunidade de Santo Agostinho, a programação “foi muito importante, pois conhecendo de perto a realidade do trabalho feito na Assembleia fica mais fácil explicar para a população a sua importância”. Já para a professora Cleide Carla, a visita despertou várias ideias sobre temas que vão ser utilizados com seus alunos.


“Mesmo ainda me recuperando de um procedimento realizado na sexta-feira na mandíbula, fiz questão de estar aqui para dizer que a política tem muito a ganhar com a nossa participação. Em Pernambuco, nunca fomos tantas na Casa de Joaquim Nabuco. O número de eleitas para essa legislatura é o maior da história. Hoje temos dez deputadas atuando nesta Casa, o dobro da quantidade conquistada em 2014. Juntas somos fortes e temos muito a fazer por Pernambuco”, complementou a parlamentar.

A programação contou com palestra do Superintendente de Preservação do Patrimônio Histórico, Sílvio Amorim, e também com a participação das mulheres na sessão plenária, inclusive com uma comissão representativa que recebeu um livro.


Por: Bianca Oliveira
Fotos: Daniel Bruno


Nenhum comentário:

Postar um comentário