.

sexta-feira, 10 de abril de 2020

Unidade suspendeu todas as visitas, inclusive na UTI. Objetivo é diminuir o fluxo de pessoas e os riscos de contaminação



Considerando a atual pandemia de Covid-19, o protocolo do Ministério da Saúde e medidas tomadas pelo Governador Paulo Câmara para combate ao Coronavírus, a direção do Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, baseando-se no plano de contingenciamento da Secretaria Estadual de Saúde, decidiu por novas medidas restritivas na unidade de saúde, válidas a partir desta quinta-feira (08), conforme elencadas abaixo:

1) Suspender as visitas a pacientes, inclusive da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo); 

2) No atendimento de urgência e emergência só será permitido um acompanhamento ao paciente nos respectivos casos: sendo menor de idade, maior de 60 anos, portador de necessidades especiais, em condicionamento de avaliação de casos especiais.   

3) A troca de acompanhante deverá ser realizada na área externa da unidade; 

4) Suspensão de estágios e aulas práticas (1º, 2º e 3º semestre letivo). Os estágios de cursos em enfermagem do último semestre estão mantidos. 

5) Suspensão das atividades de visitas técnicas, aulas práticas, estágios de cursos técnicos, ligas acadêmicas, projetos de extensão e estágios curriculares não obrigatórios; 

6) Suspensão dos serviços ambulatoriais: centro de saúde, Rede Feminina, Fisioterapia e Saúde do idoso. 

7) Suspensão do serviço de brinquedoteca; 

8) Suspensão de cirurgias eletivas; 

Segundo a diretora geral do HRDM, Catarina Tenório, novas medidas podem ser tomadas, avaliadas as necessidades da unidade. "É um momento que requer maior atenção, e precisamos priorizar a saúde da sociedade, diminuindo as possibilidades de contágio dentro do hospital", explica a gestora. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário