.

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Verdadeiro tiro no pé!




Em Fevereiro passado, o Presidente Bolsonaro (em quem votei!), foi com uma comitiva bem representativa, aos Estados Unidos, visitar uma instituição militar que iria fazer a instalação elétrica no estado de Rondônia. Até aí, tudo bem. Só que eram instalações sem meios físicos, ou seja, segundo compreendi: sem cabos, sem fios, e sem postes, por isso, fiquei com “o resto do juízo” fervendo, sem compreender, apesar dos avanços tecnológicos, como é que seria feito essa instalação elétrica por cima da densa e gigantesca floresta amazônica, na parte do território brasileiro.

Sinceramente, até agora não sei! Na verdade, só sei que o que ele e a comitiva que o acompanhava trouxeram de lá, foram 22 ou 23 pessoas infectadas com esse miserável desse coronavírus, que não só parou o Brasil, mas o mundo todo!

Desde o começo “dessa minha prisão domiciliar voluntária obrigatória”, aqui no Sítio Santa Luzia de Caraúbas, no cariri paraibano, acompanho, na medida do possível, com atenção redobrada a grave crise de saúde mundial e por isso, continuo preocupado com as atitudes e decisões (algumas completamente equivocadas), do nosso Presidente, que, infelizmente, continua na contra-mão do bom senso no enfrentamento dessa maldita Covid-19 que, repito, parou não só  o Brasil , mas  o mundo inteiro.

Como é do conhecimento de todos, nos países onde os governantes seguiram criteriosamente as recomendações sanitárias da Organização Mundial da Saúde (OMS), o enfrentamento à Covid-19, teve e está tendo excelentes resultados, mas aqui no Brasil, pelo jeito, só nos resta pedir: Deus tenha piedade de nós!


Vereador Zé Minhoca - PSDB

Nenhum comentário:

Postar um comentário