.

quinta-feira, 25 de março de 2021

Quando chegar sua vez, vacine-se!

 

Hoje, com as graças de Deus, fui a 1.001ª (milésima primeira), pessoa a tomar a tão desejada e esperada vacina contra o Covid-19, vírus transmissor da doença, que até o momento, inaceitavelmente, já ceifou a vida de 300.000 brasileiros e brasileiras.

 

Ao contrário do Presidente Bolsonaro (em quem votei), fui e sou um ferrenho e ardoroso defensor da vacinação em massa de toda a população do nosso País.

 

Vale destacar, que, exatamente há um ano atrás, em Artigo publicado neste espaço, com o título: " Sou mais a vida!", onde já antevia a verdadeira tragédia que se anunciava, concluí afirmando:

"Por isso, desculpe, (mais uma vez), Presidente, eu votei no Senhor e continuo lhe apoiando, mas, entre a economia e a vida, sou mais a vida!"

 


Também hoje, depois de um ano e de trezentas mil mortes, muitas das quais poderiam ter sido evitadas,  reafirmo a convicção e o desejo de ver todos os brasileiros e brasileiras, completamente imunes ao Corona-Vírus, e continuo ainda,  com o mesmo pensamento: A VIDA EM PRIMEIRO LUGAR!

 

Por: Zé Minhoca

Fotos: Jairo Gomes



Nenhum comentário:

Postar um comentário