.

sexta-feira, 23 de abril de 2021

GARANHUNS / Prefeito reúne Comitê Extraordinário de Infraestrutura das Chuvas




Medida visa mapear estragos causados pelas últimas chuvas, agilizar recuperações e realizar obras que resolvam definitivamente escoamento das águas pluviais

 


O prefeito Sivaldo Albino criou e já realizou a primeira reunião do 'Comitê Extraordinário de Infraestrutura das Chuvas', nesta quinta-feira (22), em seu gabinete na sede do executivo municipal. Participam do CEIC as secretarias de Infraestrutura, Obras e Serviços Públicos; Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Econômico; AMSTT; Procuradoria Geral e Defesa Civil.


Com a decisão, Sivaldo busca agilizar a resolução de antigos problemas no sistema de esgotamento e escoamento das águas das chuvas, com prioridade para a Rua Antônio Paulo de Miranda, onde a tromba d’água desta quarta-feira abriu uma cratera que engoliu um carro e fez uma vítima fatal, uma mulher que foi levada pela correnteza. O corpo só foi achado nesta quinta-feira pela manhã, a cerca de 1,5 quilômetros do local onde sofreu o acidente.



Segundo moradores da localidade, o problema é antigo, o sistema de esgotamento não comporta a quantidade das águas e vive em constante reparos. Desta vez, a tubulação antiga não suportou as fortes chuvas, cedeu e criou a cratera. A prefeitura já realizava outra obra em outro ponto da rua, aguardava somente o tempo segurar para repor o calçamento com concretagem. Os dois buracos não têm relações. Outros buracos foram abertos pelos órgãos de resgate para encontrar o corpo da jovem que sofreu o acidente. Segundo a Defesa Civil do município, Garanhuns chega ao acumulado de 75.2 mm somente nas últimas 24h.




CEIC – O prefeito solicitou à equipe relatórios dos estragos causados pelas chuvas no município, levantamento de obras emergenciais a serem realizadas, pessoal a ser utilizado, prioridades e projetos que possam resolver de forma permanente estes problemas antigos que sempre atormentam a população.

 

Uma das possibilidades é o município decretar Estado de Emergência, segundo Albino. “Temos relatados estragos de toda ordem, e precisamos agilizar. O comitê vai nos apresentar estes dados e podemos partir para o decreto para agilizar contratações que possam iniciar o mais rápido possível estas obras, com prioridade à Rua Antônio Paulo de Miranda, adjacências e demais ruas que sofreram em suas infraestruturas com as fortes chuvas dos últimos dias. Nosso Planejamento vai nos entregar projetos e custos para buscarmos os recursos, com o estado, União e recursos próprios”.

 

 

Fotos: SECOM/Divulgação

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário